Como faço a transição para nuvem com Citrix Virtual Apps and Desktops Service?

Aprenda como fazer a transição para o Citrix Virtual Apps and Desktops Service em quatro passos fáceis.

Muitas organizações fizeram uma parceria com a Citrix para mudar para a nuvem e obter capacidade de expansão, eficiência de custos e melhor produtividade dos funcionários. Se você deseja fornecer os benefícios combinados de um espaço de trabalho digital seguro para toda a companhia ou escolher os serviços Citrix que atendam às suas necessidades, a Citrix projetou várias ofertas para tornar essa transição sem emendas. Esta página foi projetada para fornecer aos administradores da Citrix uma visão geral de alto nível sobre como simplificar a transição para a nuvem.

Etapa 1: Planejar

A fase de planejamento para mudar completamente de uma implantação do Citrix Virtual Apps and Desktops no local para o Citrix Cloud Virtual Apps and Desktops Service é o passo mais importante na sua estratégia de transição. É aqui que você determina a preparação da nuvem da organização, os principais interessados ​​e se a organização adotará uma abordagem híbrida. A fase de planejamento também é onde você escolheria o provedor em nuvem específico que melhor atenda às suas necessidades. Seja o Microsoft Azure, o Amazon Web Services, o Google Cloud Platform ou o Oracle Cloud Platform, o Citrix Virtual Apps and Desktops Service foi projetado para funcionar perfeitamente com os principais provedores em nuvem do setor para entregar com segurança seu espaço de trabalho digital.  

Etapa 2: Testar e avaliar

Depois de concluir a fase de planejamento, é importante testar aplicativos e serviços críticos em ambientes de área restrita com uma prova de conceito (PC). Esta é a fase para testes de desempenho e para avaliar se os aplicativos estão prontos para a nuvem ou se devem permanecer no local. Com uma prova de conceito, você pode testar o Citrix Virtual Apps and Desktops Service no seu ambiente de produção.

Etapa 3: Transição

Depois de determinar onde suas cargas de trabalho e dados residirão, é hora de fazer a transição de todos ou alguns dos seus aplicativos, dados e desktops para a nuvem. Primeiro, estabeleça a conectividade fazendo a ponte entre a infraestrutura de TI atual e local e os novos locais de recursos. Isso inclui o estabelecimento de conectividade entre recursos locais e em nuvem com uma VPN, conectando seu Active Directory e instalando conectores de Citrix Cloud. Ter o Citrix Gateway Service em seus locais de recursos também garante que seu tráfego seja otimizado e protegido. Agora você pode agregar seus recursos no local e em nuvem para todos os seus usuários, projetar seu servidor de aplicativos mestre e imagens de desktop, e alavancar o poder da camada de aplicativos para simplificar a administração.

Etapa 4: Otimizar

Depois de ter adotado o plano de gerenciamento do Citrix Virtual Apps and Desktops Service, você pode validar a integridade e o desempenho do serviço e das cargas de trabalho com o Smart Check, um componente do Citrix Smart Tools, um serviço gratuito projetado para ajudar você a otimizar o desempenho do seu site. O Citrix Smart Tools otimiza os sites Citrix, verificando a integridade dos sistemas em execução e ajudando a manter os custos sob controle. A fase de otimização é onde você instrui seus usuários finais com treinamento e conscientização, garante a adoção e a alavancagem das ferramentas de monitoramento Citrix para rastrear o uso de seus serviços de TI.  

Próximo passo