Virtualização de aplicativos e virtualização de sessão com o Citrix Virtual Apps

O Citrix Virtual Apps é uma solução de entrega de aplicativo virtual sob demanda que engloba tecnologias de virtualização de sessão e de aplicativos.

Compreendendo a virtualização de aplicativo

A tecnologia de virtualização de aplicativo Citrix isola os aplicativos do sistema operacional subjacente e de outros aplicativos, para aumentar a compatibilidade e a facilidade de gerenciamento. Como uma solução moderna de entrega de aplicativo, o Citrix Virtual Apps virtualiza os aplicativos usando streaming de aplicativo integrado e tecnologia de isolamento. Essa tecnologia de virtualização de aplicativo permite que os aplicativos sejam transformados em fluxos a partir de um local centralizado em um ambiente de isolamento no dispositivo de destino onde eles serão executados. Com o Citrix Virtual Apps, os aplicativos não são instalados no sentido convencional. Os arquivos, a instalação e as configurações são copiados para o dispositivo de destino e a execução do aplicativo é controlada pela camada de virtualização de aplicativo. Quando é executado, o runtime do aplicativo acredita que ele está fazendo interface diretamente com o sistema operacional quando, na verdade, está fazendo interface com um ambiente de virtualização que atende a todas as solicitações para o sistema operacional.

O Citrix Virtual Apps é único pois trata-se de um sistema completo para entrega de aplicativo virtual, oferecendo acesso a aplicativos on-line e off-line através de uma combinação de hospedagem e streaming de aplicativos diretamente aos dispositivos do usuário. Quando os usuários solicitam um aplicativo, o Citrix Virtual Apps determina se o dispositivo é compatível e capaz de executar o aplicativo em questão. Os requisitos mínimos de um dispositivo de destino são um sistema operacional Windows® compatível e um software cliente Citrix apropriado. Se o dispositivo do usuário atender aos requisitos mínimos, o Citrix Virtual Apps inicia a virtualização do aplicativo através do streaming de aplicativo diretamente para um ambiente isolado no dispositivo do usuário. No caso em que o dispositivo do usuário não é capaz de executar um aplicativo específico, o Citrix Virtual Apps inicia a virtualização da sessão.

Compreendendo a virtualização de sessão

A virtualização de sessão usa streaming de aplicativo para entregar aplicativos a servidores hostings no datacenter. O Citrix Virtual Apps então conecta o usuário ao servidor ao qual o aplicativo foi entregue. O aplicativo então é executado inteiramente no servidor. O usuário interage com o aplicativo remotamente enviando cliques de mouse e toques de tecla para o servidor. O servidor então responde enviando atualizações de tela para o dispositivo do usuário. Como a virtualização de aplicativos está limitada aos sistemas operacionais baseados no Windows, a virtualização da sessão pelo Citrix Virtual Apps permite que qualquer usuário, em qualquer sistema operacional acesse qualquer aplicativo fornecido pelo setor de TI. Como resultado, o Citrix Virtual Apps permite que dispositivos Windows, Mac, Linux, iOS e Android executem qualquer aplicativo usando a virtualização de sessão. Além disso, a virtualização de sessão aproveita o poder de processamento no lado do servidor, o que libera o TI do ciclo sem fim de atualizações de hardware de PCs, que são geralmente necessários para suportar os upgrades de aplicativos quando se usa os métodos tradicionais de implantação de aplicativos.

Usando a virtualização de aplicativo e a virtualização de sessão juntas

Na virtualização de aplicativo e na virtualização de sessão, a interação do usuário com o aplicativo é transparente. Impressoras, drives, periféricos e até mesmo a área de transferência funcionam exatamente da mesma maneira que se o aplicativo fosse instalado. Como resultado, o Citrix Virtual Apps reduz o custo do gerenciamento de aplicativos e os custos relacionados de até 50% e permite uma experiência melhor do que se estivesse instalado para usuários, se comparado com os modelos tradicionais de implantação de aplicativo.