Voltar ao glossário

O que é nuvem híbrida?

O rápido aumento do uso da nuvem sem dúvida mudou a maneira como as organizações fazem negócios. Elas estão colhendo os benefícios dos serviços em nuvem, mas ainda dependem de uma série de recursos locais para determinadas necessidades críticas, como requisitos de privacidade e segurança.

Ao invés de adotar uma abordagem "tudo ou nada" em nuvem, as empresas estão projetando ambientes de computação híbridos para obter o melhor dos dois mundos.

Simplificando, um ambiente de nuvem híbrida integra recursos de computação privativa, como data centers e nuvens privativas, e serviços de nuvem pública. Embora entidades separadas, os recursos públicos e privados compartilham aplicativos, dados, serviços e são gerenciados como um ambiente unificado.

Uma distinção importante a fazer é que o uso de vários serviços em nuvem sem o fluxo de dados entre recursos públicos e privativos não conta como nuvem híbrida - por exemplo, o uso de um serviço de e-mail em nuvem pública, não conectado ao Active Directory.

Por que nuvem híbrida?

A nuvem híbrida permite que as organizações aproveitem os benefícios de custo e as eficiências das nuvens públicas, mantendo a segurança e o controle das privativas. Mas, talvez ainda mais essencial, proporciona maior flexibilidade para a adaptação rápida às necessidades dos negócios em constante evolução ou mudanças no mercado.

Certos setores devem respeitar rigorosos regulamentos de segurança e conformidade. Uma organização de assistência médica, por exemplo, pode precisar armazenar dados confidenciais de pacientes em uma nuvem privativa por trás de um firewall, mas ainda pode aproveitar uma nuvem pública para executar um aplicativo que depende desses dados.

Além disso, um modelo de nuvem híbrida permite que as organizações usem a infraestrutura existente de forma mais eficiente, expandindo-se para a nuvem pública durante os picos de demanda. Desta forma, os usuários precisam pagar pelos recursos de forma temporária, apenas, em vez de investir em infraestrutura adicional.  

Nuvem híbrida vs. multinuvem: Qual é a diferença?

A nuvem híbrida e a multinuvem são frequentemente usadas indistintamente, mas na verdade são diferentes.

A multinuvem é o uso de vários serviços em nuvem de vários provedores, sem nenhuma orquestração entre eles.

Uma organização geralmente usa uma estratégia multinuvem para realizar diferentes tarefas para diferentes departamentos com diferentes necessidades, por exemplo, quando um departamento precisa de um serviço de compartilhamento de arquivos, mas outro precisa de um serviço de videoconferência. O serviço em nuvem não está conectado entre si nem com qualquer recurso local.

Ao contrário, os recursos privativos e públicos em uma nuvem híbrida são orquestrados para trabalhar juntos, como um só.

Gerenciando a complexidade em um mundo cuja primeira opção é a nuvem (cloud-first)

Enquanto a nuvem híbrida ajuda as empresas a alcançar mais, ela também traz novos desafios para TI. É mais importante do que nunca que a TI mantenha a visibilidade, o controle e a segurança do seu ambiente híbrido.

Citrix Os serviços em nuvem ajudam as empresas a orquestrar seus aplicativos, desktops e disseminação de dados por arquiteturas de nuvem híbrida e multinuvem através de um único plano de controle.

As soluções de rede Citrix NetScaler simplificam as redes e a segurança da nuvem híbrida e multinuvem porque:

  • Fornecem acesso confiável dos usuários aos aplicativos
  • Protegem o acesso e a infraestrutura de web com segurança centrada no usuário 
  • Proporcionam visibilidade e insights completos por meio de análises inteligentes,

Termos relacionados: arquitetura em nuvem, computação em nuvem, gerenciamento de nuvens, rede de nuvens, orquestração de nuvens, capacidade de expansão de nuvem, multinuvem

Recursos Relacionados